Como sair das dívidas rapidamente: confira 20 dicas práticas

Finanças Novidades vida financeira saudavel

 

A falta de planejamento financeiro é um dos grandes responsáveis pelo alto índice de inadimplência no país: segundo o Serasa Experian, cerca de 40% dos brasileiros estão convivendo com as contas em atraso nos últimos anos. A dificuldade de controlar o orçamento faz com que as pessoas acessem créditos com altas taxas de juros. Ao se deparar com essa situação, a preocupação é uma só: como sair das dívidas?

Sair do mau endividamento, porém, não é algo impossível. Separamos algumas medidas práticas para te ajudar a reverter essa situação e gerenciar o seu orçamento com sabedoria.

Afinal, como sair das dívidas rapidamente?

Para encerrar o ciclo de mau endividamento de uma vez por todas, é preciso aprender a equacionar melhor seus gastos partindo do quanto você recebe mensalmente e o quanto possui de dívidas. https://vidafinanceira.online/wp-content/plugins/the-moneytizer/lazy-loading/iframe-src-16.html

Com isso em mãos, elabore um planejamento financeiro e trace prioridades de pagamentos. Especialistas indicam a formulação de uma lista ou tabela para inserir todos os compromissos financeiros e ter uma visualização mais ampla de como poderá lidar com seus custos mensais, definindo uma estratégia para a quitação das dívidas antigas.

A principal dica sobre como sair das dívidas é acabar com os débitos que possuem juros maiores, como o cheque especial, trocando por dívidas mais baratas. Outra possibilidade é renegociar a dívida diretamente com o credor.  https://vidafinanceira.online/wp-content/plugins/the-moneytizer/lazy-loading/iframe-src-16.html

Ao visualizar as finanças organizadas, acredite: você vai ter uma noção mais ampla de como quitar dívidas e lidar melhor com seus custos mensais.

Como renegociar dívidas 

Renegociar dívidas é, sem dúvida, um dos principais caminhos para conquistar a tão sonhada saúde financeira. A renegociação pode ser ser feita diretamente com o credor, seja em feirões para limpar o nome sujo, ou por meio do refinanciamento de dívida – e portabilidade de uma instituição para outra. https://vidafinanceira.online/wp-content/plugins/the-moneytizer/lazy-loading/iframe-src-16.html

A dica mais importante é procurar canais oficiais do agente financeiro em que o crédito foi contratado – até para evitar cair em fraudes. Um ponto positivo é que, na maioria dos casos, é possível fazer a solicitação de renegociação de forma totalmente online, além de realizar as simulações das novas condições de empréstimo.

Antes de renegociar, no entanto, é importante tentar entender o cenário em que está inserido e qual será a melhor maneira de fazer isso. Isso porque o não pagamento da dívida renegociada com o credor pode ser ainda pior para você. Fique atento. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *